domingo, 30 de outubro de 2011

EEEP CAPELÃO FREI ORLANDO REALIZA O I SIMPÓSIO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS



 
 
O I Simpósio de línguas Estrangeiras (Inglês e Espanhol) trata-se de uma iniciativa da escola surgida a partir das inquietações do Educador de Língua Estrangeira  sobre a necessidade de socialização e valorização das experiências escolares  com o ensino e aprendizagem das línguas estrangeiras em foco na proposta curricular das escolas. Dentro desse contexto ainda motivou a criação do evento o fato da escola apresentar em seu leque de educação profissional a oferta de cursos profissionais na área de Turismo, Guia em Turismo e Técnico em Hospedagem, nos quais é predominante um direcionamento na aprendizagem das língua estrangeiras, bem como a pertinência da importância do uso efetivo das línguas estrangeiras nas habilidades necessárias também nos demais cursos do leque, como o Técnico em Informática e Técnico em Redes que predominantemente opera ferramentas que trabalham muito com o inglês e o curso de Comércio que também vincula-se diretamente ao conhecimento mais amplo das referidas línguas. Vale ressaltar que o domínio e uma prática efetiva de conversação em línguas estrangeiras está presente no mundo e todos necessitamos dessa vinculação por meio do estudo,do trabalho e da cultura de maneira geral nas relações no mundo. O fenômeno da globalização inevitável do mundo e da consequente necessidade de uma linguagem eficiente de comunicação é um fato que não depende de nele acreditarmos ou não. Sendo assim, aprender um idioma se tornou uma necessidade básica para profissionais de diversas áreas e para aqueles que se preparam para ingressar em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo. O domínio de idiomas significa crescimento, desenvolvimento e, acima de tudo, melhores condições de acompanhar as rápidas mudanças que vêm ocorrendo nesse novo e tecnológico século. O espanhol é uma das línguas mais faladas no mundo, com mais de 450 milhões de falantes nativos, além de mais de 100 milhões de estudantes estrangeiros e conhecedores da língua. Com isto se totalizam quase 600 milhões de pessoas falando espanhol em todo o mundo.  É uma das mais extensas geograficamente: é idioma oficial em 21 países.  É uma das línguas mais importantes nos fóruns políticos internacionais: é idioma oficial da ONU, UNESCO, UE e MERCOSUL.
É a segunda língua mais difundida no mundo na comunicação internacional depois do inglês, e é uma das mais prometedoras.
Estamos movidos nessa noite pela intenção de socializar conhecimentos e experiências de trabalho dentro da vertente escolar e demonstrar as vivências por meio de exercício pleno da fala, da expressão corporal da dança e teatro e muita musicalidade. O I Simpósio é um projeto piloto, a primeira experiência e tudo que desejamos é compartilhar  aproximando as realidades.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Microsoft Students to Business (S2B)




Uma breve explicação de como funciona o projeto desenvolvida pela Microsoft :

O Students to Business faz parte das iniciativas de Cidadania Corporativa da Microsoft Brasil. Os participantes recebem licenças para download gratuito dos softwares utilizados nos treinamentos para dar continuidade prática do conteúdo aprendido utilizando o computador pessoal.

A iniciativa também conta com o apoio de empresas que demandam mão de obra especializada e que oferecem oportunidades de emprego ou estágio ao final da capacitação.

O objetivo da iniciativa é auxiliar e formar jovens interessados em seguir carreira na área de TI a conquistar boas oportunidades no mercado.

Os alunos serão capacitados em uma das tecnologias Microsoft, nas áreas de Desenvolvimento de Software, Infraestrutura, Banco de Dados (DBAs), Criação de Websites ou CRM (Dynamics), de acordo com a disponibilidade do curso na localidade escolhida.

As incrições estão disponíveis em 31 cidades do Brasil, que são Manaus, Salvador, Fortaleza, Quixadá, Brasília, Vitória, Belo Horizonte, Curitiba, Caruaru, Petrolina, Vitória de Santo Antão, Petrópolis, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Joinville, Araraquara, Barretos, Bauru, Bebedouro, Campinas, Franca, Jundiaí, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba e Votuporanga.

Texto : Blog do Prof. Luiz Eduardo Guarino
Fotos: Ebson Gomes


segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Produção sobre História de Canindé desenvolvida pelos estudantes da Escola Profissional





Durante a História da Humanidade e do Brasil, muitos grupos sociais deixaram sua marca de contribuição na formação de nossa sociedade, marcas essas, que estão presentes no meio em que vivemos, nas casas, nas igrejas, nas expressões culturais. Muitos desses acontecimentos são lembrados e outros não, pois a maioria destes legados foi deixado por pessoas simples, gente comum, que por muito tempo ficaram silenciadas e esquecidas da memória do povo e através dos Patrimônios Culturais serão lembradas.

Foi pensando nessas problematização, que os alunos da Escola Estadual de Educação Profissional Capelão Frei Orlando, procuraram transformar uma sonho em realidade, provando que “quem sabe faz a hora não espera acontecer “, nasceu assim o Projeto Memória e Identidade conhecendo nossa História, um sonho da época da Faculdade, com o intuito de desenvolver uma Educação Patrimonial, valorizando assim a história canindeense.

Foi desse projeto elaborado e enviado para FUNCAP, Fundação Cearense de Apoio a Pesquisa, aprovado e iniciando assim as aulas e pesquisas realizadas com os alunos. O objetivo foi estudar a História de Canindé por meio do Patrimônio Cultural.

A Meta foi alcançada, os estudantes tiveram contato com a produção de trabalhados científicos, os quais exigiam uma leitura interpretativa e uma escrita crítica do que pensam sobre o que leem, somado a tudo isso, o principal objetivo foi alcançado: Um maior envolvimento de uma educação patrimonial, valorizando a história de nossa cidade, a história de nosso povo.

Educador Cristiano – EEEP Frei Orlando(Coordenador do Projeto)


Escola Profissional protagoniza a ideia de Criação do Museu Virtual de História de Canindé






























Os estudantes de Informática e Hospedagem integrarão atividades juntamente com os professores Coordenadores de Curso no Projeto de Criação do Museu Virtual de História de Canindé.

Nosso lugar tem uma história muito curiosa e rica de contribuição na formação de estudantes, e a nível local existem profissionais interessados em construir um acervo histórico e buscam diversos espaços de exposição. Dentre esses historiadores temos Augusto Cesar Magalhães Pinto, Júlio Cesar Marques Ferreira Lima(Alemão), Padre Neri Feitosa, dentre outras personalidades que dedicam um tempo precioso de suas vidas como pesquisadores de nossa história. Os pesquisadores também terão um espaço exclusivo dedicado a apresentação de suas biografias e pesquisas.
Durante as atividades de campo a Escola Profissional vem coletando imagens, especialmente da Festa 2011 que já postaremos como ilustração da ideia.

video video

Estudantes do Curso Técnico em Hospedagem participam das atividades da Festa de São Francisco como Informantes Turísticos




Os estudantes do Curso Técnico em Hospedagem
participam da Festa de São Francisco 2011 como Informantes Turísticos. A atividade é desenvolvida em grupos situados na Praça da Basílica, Igreja das Dores, Museu e Estátua de São Francisco. Em cada ponto as atividades estão vinculadas a informações a romeiros e visitantes, direcionamento e acolhida aos visitantes e romeiros, e no ponto específico da Estátua de São Francisco, os estudantes montaram dentro da própria tenda uma exposição contando um pouco da história e processo de construção do monumento religioso. A estátua de São Francisco das Chagas, inaugurada em 04 de Outubro de 2005 está situada no inculados Alto do Moinho, o bairro mais elevado da cidade, e pode ser vista por todos que se aproximam da Meca Nordestina. A exposição foi uma ideia dos estudantes do Curso de Hospedagem que perceberam a necessidade a partir das indagações e curiosidades dos visitantes.
Os estudantes que realizam e atividade de informante turístico afirmam que a exposição atrai a atenção dos visitantes e promovem um diálogo entre visitantes e estudantes, especialmente sobre o levantamento de curiosidades de ordem estrutural do momento e vinculadas também a fé do romeiro.
Para a participação no projeto, os estudantes do 2º ano de Hospedagem realizaram um curso de formação em horário extra escolar com o estudantes do 1º ano. O curso desenvolveu abordagem histórica sobre Canindé e a experiência já vivenciada pela turma de 2º ano.
A escola contou também com a contribuição de Júlio César (Alemão) em atividades de formação sobre história de Canindé.
As atividades tem acompanhamento de educadores como o Coordenador de Curso, Educador Ronaldo, Educadoras Lidiana, Leidiane, Francisquinha Colares e Coordenadora Escolar Kátia. Cada grupo tem um protagonista coordenador de equipe.

domingo, 2 de outubro de 2011

Guias de Turismo colaborando no Museu de Canindé!


Em Agosto os alunos do 3° ano iniciaram seus estágios supervisionados e um dos locais concedentes para os futuros técnicos de turismo foi o museu de Canindé. Neste setor os estudantes estão desenvolvendo um projeto de registro de inventário do museu que consiste na enumeração e descrição dos objetos de acordo com suas classes e sub - classes além das atividades de guiamente características do curso contando também com a elaboração de artigo científico e a criação do ambiente virtual do museu.

A opinião geral dos estudantes é de que neste período da Festa de São Francisco devido o aumento do fluxo a aprendizagem se torna mais produtiva contribuindo assim para aquisição ou para colocar em práticas habilidades relativas ao curso de técnico de Turismo.

Para o estudante Glauton José: Em suma, o conhecimento adquirido através do relacionamento com diversos visitantes de diferentes níveis socioeconômicos possibilita maior experiência para futuras aplicações no mercado trabalho.